O Amor dá Tudo

Reflexão Internacional sobre Solidariedade

Estação da Criação & Serviço de Oração pela Paz

Setembro de 2022

pdf – Introdução (carta) (248 KB); pdf – Oração   (286  KB)

Símbolo do sarça ardente para a Estação da Criação 2022

A Sarça Ardente
Ex 3:1-12
Escutar a Voz da Criação
ESTAÇÃO DA CRIAÇÃO 2022

Introdução

De 1 de setembro a 4 de outubro, as Igrejas cristãs celebram a Estação da Criação, durante a qual rezam pedindo a proteção da criação de Deus. Também apelam para que todos assumam a responsabilidade pela criação de Deus e ajam em favor dela. Este período inclui o Dia Internacional da Paz da ONU, 21 de setembro.

Temas

Os temas “Escutar a Voz da Criação” para a ESTAÇÃO DA CRIAÇÃO e “Acabar com o Racismo. Construir a Paz” para o Dia da Paz, a princípio parecem estar em certa tensão: A criação de Deus como algo “muito bom”; o racismo como feito pelos humanos. O símbolo para a Escutara Voz da Criação: A Sarça Ardente, reflete esta tensão. O arbusto espinhoso no livro do Êxodo é o lugar do encontro de Deus com Moisés. No símbolo, parece como se o mundo estivesse a arder. Isto reflete a realidade da nossa terra. A criação de Deus está ardendo! Se continuarmos a ler sobre o encontro com Deus no arbusto espinhoso, vemos que Deus ouviu os gritos do seu povo aflito e também da criação. Deus enviou Moisés e agora nos envia a conduzir o povo para sair de sua angústia.

O que podemos fazer

O Papa Francisco, na sua mensagem para o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação 2022, exorta-nos ao arrependimento e à mudança de estilos de vida e sistemas nocivos: “O doce cântico da criação convida-nos a praticar uma ‘espiritualidade ecológica’ (Laudato Si’216), atentos à presença de Deus no mundo natural. É uma convocação para que baseemos nossa espiritualidade na “consciência amorosa de que não estamos desligados do resto das criaturas, mas unidos numa esplêndida comunhão universal” (ibid., 220). ” Somos capazes de reconhecer em qualquer uma das nossas ações:

  • o que fazemos em solo sagrado?
  • que estamos na presença de Deus?
  • que cada ser humano é morada do divino?

Torna-se cada dia mais urgente responder aos desafios das alterações climáticas. Podemos começar com as pequenas escolhas que fazemos diariamente. Pensemos no que precisamos fazer em nossas comunidades, famílias, locais de trabalho e instituições públicas para contra-atacar a queima de toda a vida no nosso planeta. É incrivelmente empolgante abordar isto também com as crianças mais novas.

Também ouvimos falar de pessoas que são privadas da sua dignidade humana por causa do racismo. O tema do Dia Internacional da Paz deste ano “Acabar com o Racismo. Construir a Paz” é um convite para que consideremos até que ponto temos contato com pessoas que são vítimas de racismo. Será que o nosso conhecimento desta realidade se baseia apenas no que vemos nos meios de comunicação social ou também no que experimentamos pessoalmente? Tenhamos coragem de convidar pessoas de diversas origens (diferentes nacionalidades, culturas, classes sociais) para um intercâmbio pessoal sobre as suas situações de vida. O importante é que as pessoas sintam que são respeitadas e que têm uma dignidade humana que lhes foi dada por Deus. Isto certamente contribui enormemente com a paz.

Criação de um Cenário de Oração

Sugerimos a criação de um ambiente de oração para a Estação da Criação e para o Dia Internacional da Paz. Criar uma Sarça Ardente feita de ramos espinhosos para ser um elemento central na capela ou espaço de oração até o final da Estação da Criação em 4 de outubro. Todos os visitantes são convidados a ajudar a criar este arbusto pendurando chamas coloridas ou o nome de uma preocupação particular com o ambiente ou violações da dignidade humana, nos ramos secos, o Arbusto Ardente.  Sugerimos também afixar na capela ou num espaço público maior, um convite para uma oração pela criação, juntamente com uma oração pela paz.

Bênçãos!

Estação da Criação & Serviço de Oração pela Paz

Canção: Here I am Lord (Daniel Schutte) ou outra canção, que é bem conhecida na região de vocês.

Salmodia

(Salmo 19)

Ouça a criação falar de Deus, ouça a Palavra de Deus nas Escrituras

Os céus narram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra de suas mãos.
Um dia comunica sua mensagem ao outro dia; uma noite revela a outra noite seu conhecimento.

Ouça a criação falar de Deus, ouça a Palavra de Deus nas Escrituras

Não há discurso, palavras não podem ser ouvidas; não se ouve o som deles.
No entanto, a sua voz ecoa por toda a terra, as suas palavras vão até os confins do mundo.

Ouça a criação falar de Deus, ouça a Palavra de Deus nas Escrituras

A lei do Senhor é perfeita, refresco para a alma.
Os mandamentos do Senhor são dignos de confiança, sabedoria para os simples.
Os preceitos do Senhor são corretos, trazem alegria ao coração.

Ouça a criação falar de Deus, ouça a Palavra de Deus nas Escrituras

As instruções do Senhor são retas, trazem luz aos olhos.
O respeito ao Senhor é puro, permanece para sempre.
As decisões do Senhor são verdadeiras, e igualmente justas.

Ouça a criação falar de Deus, ouça a Palavra de Deus nas Escrituras

 Leitura

(Êxodo 3, 1-10)

Após um breve silêncio, as participantes são convidadas a partilhar com sua vizinha o que ouviram, especialmente as perguntas: O que é que eu/ nós somos enviadas a fazer? Quem são hoje – falando de um modo figurado – os israelitas para quem eu/nós somos enviadas?

Oração de Intercessão

Cada participante é convidada a ter uma vela acesa e a segurá-la na sua mão durante as intercessões. Uma participante acende a sua vela na vela acesa no arbusto de espinhos e depois acende a vela da pessoa ao seu lado e assim por diante. Desta forma, a luz passa de pessoa para pessoa.

Rezamos os seguintes pedidos e depois cada uma é convidada a apanhar uma chama pendurada no arbusto espinhoso e a ler a interseção nele contida.

    • Deus Todo-Poderoso e Criador, Vós sois o Pai de todas as pessoas na terra. Pedimos-te que guies todas as nações e os seus líderes nos caminhos da justiça e da paz.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos.

    • Protege-nos dos males da injustiça, do preconceito, da exploração, do conflito e da guerra.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos.

    • Ajuda-nos a pôr de lado a desconfiança, a amargura e o ódio.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos.

    • Ensina-nos a cessar o armazenamento e a utilização de equipamentos de guerra.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos

    • Leva-nos a encontrar a paz, o respeito e a liberdade.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos.

    • Una-nos na criação e partilha de instrumentos de paz para superar a ignorância, a pobreza, a doença e a opressão.

Deus da paz, ouve-nos e ajuda-nos.

    • (Acrescentar as intercessões escritas nas chamas do arbusto de espinhos)

Concede que possamos crescer em harmonia e amizade como irmãos e irmãs criados à Tua imagem, para Tua honra e louvor. Amém

Renovação do Compromisso Público das IENS com Laudato Si’.  Com fé e esperança renovemos o nosso compromisso de nos tornarmos uma Congregação Laudato Si’ e de fazermos isso juntas.

Oração Final

Rezemos juntas o Pai Nosso, a oração que Jesus nos ensinou a rezar, hoje numa versão adaptada pelos teólogos Maoris.

Espírito Eterno, Criador da Terra, Portador de dor, Doador de vida,
Fonte de tudo o que é e do que deve ser,
Pai e Mãe de todos nós,
Deus Amoroso, em quem está o céu:
A consagração do seu nome ecoa através do universo!

O caminho da vossa justiça seja seguido pelos povos do mundo!
A vossa vontade celestial será feita por todos os seres criados!
A vossa amada comunidade de paz e liberdade sustente nossa esperança e venha à terra.

Com o pão que precisamos para hoje, alimenta-nos.
Nas feridas que absorvemos uns dos outros, perdoa-nos.
Em tempos de tentação e teste, fortalece-nos.
De provações demasiado grandes para suportar, poupe-nos.
Da garra de tudo o que é mau, liberta-nos.

Pois reina a glória do poder que é o amor, agora e para sempre. Amém.

 (Adaptado – De acordo com o livro de orações da Nova Zelândia | He Karakia Mihinare o Aotearoa. Esta versão da Oração do Senhor foi influenciada pelos teólogos Maoris).

 

Bênção

Que Deus que estabeleceu a dança da criação,
Que se maravilha com os lírios do campo,
Que transforma o caos em ordem,
Conduza-nos na transformação das nossas vidas e da Igreja,
Ouçamos a voz de todas as criaturas,
Que refletem a glória de Deus na criação.

(Seguindo o Programa CTBI Eco-Congregation).

 

Preparado pelos Contatos Shalom da Ramo Europeu Shalom para a Rede SSND Shalom.

Gráfico retirado da Direção Orientadora do 24° Capítulo Geral. Desenho: Escritório de Comunicação Congregacional.