Reflexão
Internatcional – Solidariedade

O Bem Star Da Criança

Novembro 2020     print to pdf ( 128 KB)

Introdução

Quando você tem a criança individual diante de si, sua vulerabilidade é óbvia.Você não a deixaou ignora. Cada criança tem o direto de ser ouvida, alimentada e protegida. A responsabilidade para seus cuidados, proteção e respeito é, primeiramente, dos pais e outros cuidadores, mas a sociedade também tem responsabilidades para cada criança individual a prover cuidados de saúde, oportunidades para a educação, brincar, proteção da descriminação, violência e abuso etc. (British Association for Child and Adolescent Public Health)

 

Chamadas à Oração

 Ó Deus, as crianças são um dom/presente para a humanidade. Concede a todos nós a habilidade de ver em cada criança a tua imagem; fazendo isso, estamos lutando por seu cuidado e proteção, e não abusando e sujeitando-as ao mal. Isto te pedimos por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Experiência

  • No mundo inteiro, 151 milhões de crianças estão envolvidas no trabalho infantil. Destes, 72.5 milhões estão envolvidas nas piores formas de trabalho infantil, incluindo mineração, construção, escavação, trabalho doméstico, nas fábricas, e na agricultura. São condições perigosas que colocam em risco a saúde, a segurança, e o desenvolvimento moral das crianças. (World vision.org )
  • “Tarikul islamita gostaria de ir à escola como as outras crianças na sua comunidade em Bangladish, mas hoje aos 14 anos de idade, trabalhou por cinco anos numa oficina de carros e esqueceu tudo o que tinha aprendido na escola. Ele trabalho em torno de 12 a 14 horas por dia que lhe rende mais ou menos $25(dólares) por mês para ajudar sua família.….Ele espera aprender a ler e escrever e matemática básica, para que um dia ele possa ter sua própria oficina. Se ele conseguir estas coisas e receber uns três a quatro anos de treinamento, ele poderá ganhar em torno de $437 (dólares) por mês; e este é o seu objetivo.“ (© Visão Mundial,2017)

Reflexão

  • Qual é o nosso papel como IENS, Mulheres Religiosas, para fazer a diferença na nossa maneira de cuidar e respeitar crianças na nossa vizinhança e nos nossos ministérios onde servimos, lideramos e/ou patrocinamos?
  • O que eu (nós) fiz para defender e proteger a dignidade das crianças?
  • Reflitam com a ladainha “O Bem-estar das Crianças”. (versão adaptada)

Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo Abençoe as crianças.

     Santa Mãe de Deus e São José, alimentem e protejam as crianças.

Por todas as crianças concebidas, nascidas, batizadas e confirmadas hoje, nós agradecemos e pedimos que Deus as abençoe.

Por todas as crianças, iniciando seu ano escolar, nós agrademos e pedimos que Deus as abençoe.

Por todas as crianças numa família unida e amorosa, nós agradecemos e pedimos que Deus as abençoe.

Por todas as crianças que perseveram num projeto digno e favorável, nós agradecemos e pedimos que Deus as abençoe.

Por todas as organizações e grupos organizados para proteger a vida, nós agradecemos e pedimos que Deus os abençoe.

Do holocausto do aborto, protegei-as.

Do perigo de extermínio de bebês deficientes, protegei-as

Das aflições do corpo e da mente, protegei as.

Do abuso físico e sexual, protegei-as.

Dos pedófilos e dos que fazem programas pornôs de crianças, protegei-as.

Da briga familiar, violência e divórcio, protegei-as.

Da perturbação civil ou Guerra protegei-as.

Do sentimento de baixa estima e pressão do grupo, protegei-as.

Da deprimente pressão de grupo, protegei-as.

Do abuso físico do álcool ou narcóticos, protegei-as.

Da preocupação de aceitação e medo de errar, protegei-as.

Do horror enfrentado pelas crianças de rua, protegei-as.

Da imoralidade sexual, protegei-as.

Do demônio e seus colaboradores humanos, que tentam atrair, agradar ou destruir nossas crianças, protegei-as  

 (Adaptado da Fé Católica)

Ação

  • Advogar pelo bem-estar das crianças através da educação dos pais e professores.
  • Denunciar sempre que testemunhamos qualquer maltrato de uma criança ou crianças que vivem ao nosso redor.
  • Respeitar e tratar com amor e paciência as crianças na Educação Infantil/ primária, onde estamos liderando ou lecionando.
  • Rezar por todas as crianças, sujeitas a todas as formas de escravidão no nosso mundo.

Oração Final  

Deus de amor, tua Palavra é repleta de histórias de proteção milagrosa. “Nós pedimos esse poder para as crianças vulneráveis. Faze os teus pequenos invisíveis de pessoas que procuram explorá-las. Sussurra nos ouvidos delas que fujam e se escondam até o perigo passar.” (Wounded Women Project)

“Protege as crianças fracas e sem pai; defende a causa dos pobres e oprimidos. Resgata os fracos e os necessitados; livra-os da mão dos malvados.” Amém (Salmo 82:3-4 NIV)

 

Preparado por Sarah Tanjo IENS, AF, Serra Leoa, para o Escritório Interacional Shalom , Roma, Italy. Gráfico das Diretrizes  do, 24º Capítulo Geral. Design: Escritorio de Comunicação Congregacional.

Tradução: Ir. Tarcísia Schwade

Print Friendly, PDF & Email