Love gives everything

Reflexão internacional de Solidariedade

Trafico Humano

Julho de 2020

pdf to print (65 KB)

Introdução

As Nações Unidas designaram 30 de julho como o Dia Mundial contra o Tráfico de Pessoas para “conscientizar sobre a situação das vítimas do tráfico de pessoas e promover e proteger seus direitos”. Por mais desafiador que isso seja, é muito mais difícil durante uma pandemia global. Embora todas as famílias e comunidades tenham sido afetadas de alguma forma, aquelas cujas vidas são controladas por outras pessoas, com muita frequência não podem se auto isolar, distanciar socialmente, ou procurar atendimento médico ou outra assistência necessária. Além disso, as dificuldades e o isolamento que acompanham a pandemia levaram a novas oportunidades de exploração para aqueles que buscam lucro à custa da vida e da dignidade humana. Agora, mais do que nunca, é imperativo que reconheçamos que todos têm um papel a desempenhar para ajudar a proteger os vulneráveis ​​daqueles que procuram prejudicá-los.

 

Chamado à Oração

 

Deus amoroso e compassivo, estamos diante de você em oração, incapazes de compreender o horror sofrido por nossas irmãs e irmãos que são explorados e abusados ​​por ganância e lucro. Nossos corações estão tristes e nossos espíritos zangados por sua dignidade e direitos serem tirados por ameaças, força, fraude e coerção. Nós clamamos contra a prática degradante do tráfico de seres humanos e as novas maneiras que ele se manifesta durante esses dias em nossa pandemia global. Dê-nos a sabedoria e a coragem para enfrentar o mal que torna possível comprar e vender pessoas com fins lucrativos, reconhecer e agir de acordo com as coisas que podemos fazer para lidar com esse sistema de exploração e sermos solidárias com nossas irmãs e irmãos necessitados. Pela interseção de Santa Josefina Bakita, fazemos esta oração em nome de Jesus. Amém.

(adaptado de Oração pelo fim do tráfico de seres humanos por Ir. Gen Cassani, SSND).

Experiência

 

Trabalhadores com baixos salários, desesperados para poder alimentar e cuidar de suas famílias, aceitam empréstimos com juros muito altos e / ou emprego que pessoas normalmente não aceitariam, resultando em exploração, tráfico e servidão por dívida.

 

O fechamento de fronteiras, juntamente com a suspensão de procedimentos legais, deixaram os migrantes extremamente vulneráveis ​​e vítimas de tráfico com opções limitadas de assistência. O Programa Mundial de Alimentos foi forçado a reduzir seus programas de distribuição de alimentos em até 50% nos lugares de intenso tráfico, incluindo o Iêmen em conflito e os campos de refugiados em Uganda.

 

A demanda e o suprimento de pornografia online aumentaram substancialmente, sendo cada vez mais atendidos por exploração sexual e tráfico sexual. Com mais de 1,5 bilhão de crianças tendo menos tempo na sala de aula e muitas delas gastando mais tempo online, o resultado foi uma maior exposição à violência e à exploração em casa e online. Uma ONG apontou que recebeu novos relatos de tráfico e abuso sexual de crianças todos os dias em que seu país estava fechado [por causa da pandemia].

 

A pandemia global “ampliou e agravou as injustiças e a vulnerabilidade de milhões de pessoas em todo o mundo”, observou Ir. Gabriella Bottani, smc, coordenadora da rede de combate ao tráfico USIG TalithaKum. Em seu relatório de 12 de maio sobre COVID-19 e tráfico de seres humanos, Ir. Gabriella observou que a perda de empregos e o aumento do custo de bens essenciais, que resultam em maior fome, insegurança habitacional, dívida e mobilidade limitada, deixando mais pessoas vulneráveis e aptas à exploração.

 

 

Reflexão

 

Reserve um tempo para considerar como a pandemia do COVID-19 afetou o tráfico de pessoas em sua parte do mundo. É mais claro ou mais obscuro? Por que você pensa deste modo?

 

Escolha um elemento de nossa declaração direcional com IENS, O Amor Dá Tudo, e considere como isso afeta sua visão em relação a questões levantadas nesta reflexão.

 

O Papa Francisco nos lembra na Laudato Si ‘que o mundo está enfrentando duas crises inter-relacionadas, não separadas, envolvendo a exploração das pessoas e do planeta. Você vê uma relação entre o tráfico de seres humanos e a exploração da Terra? Cuidar melhor do planeta levaria a um menor número de tráfico de pessoas? Por quê? Como?

 

 

 

Ação

 

No início deste ano, o Papa Francisco pediu às empresas que trabalham com a Internet que ficassem vigilantes para a impedir que traficantes de seres humanos usassem comunicações eletrônicas para armar ciladas para as vítimas. Ele disse que é necessária uma educação sobre o uso “saudável” da tecnologia moderna e que “os fornecedores de tais serviços eletrônicos devem ser responsabilizados”. As Irmãs Católicas dos EUA Contra o Tráfico de Pessoas têm grandes fontes sobre essa preocupação e oportunidades para tomar medidas descritas neste boletim

https://bit.ly/3eBEE6R, visite o site delas https://www.sistersagainsttrafficking.org/.  Aprenda mais, deixe sua voz ser ouvida!

.

O TalithaKum (a Rede Internacional do USIG[1] contra o tráfico de pessoas) e suas mais de 50 redes afiliadas em todo o mundo têm uma variedade de recursos para educação, reflexão e ação. Acesse https://www.talithakum.info/en/members

 

Faça mais para cuidar da criação. Considere apoiar o Movimento Católico Global pelo Clima com oração e outras ações.

 

Oração Final

 

Deus todo-poderoso, você está presente em todo o universo e na menor das suas criaturas. Você abraça com sua ternura tudo o que existe. Derrame sobre nós o poder do seu amor, para que possamos proteger a vida e sua beleza. Enche-nos de paz, para que possamos viver como irmãos e irmãs, sem prejudicar ninguém.

 

Ó Deus dos pobres, ajude-nos a resgatar os abandonados e esquecidos desta terra, tão preciosos aos seus olhos. Traze cura para nossa vida, para que possamos proteger o mundo e não depredá-lo, para que semeemos beleza, não poluição nem destruição. Toque os corações daqueles que buscam apenas benefícios à custa dos pobres e da terra.

 

Agradecemos por estar conosco todos os dias. Sustentai-nos, nós rezamos, em nossa luta por justiça, amor e paz. (trechos de Uma Oração por nossa Terra, Laudato Si ‘)

 

Preparado por  (Tim Dewane, Central Pacific Province – U.S.A) para o Escritório Internacional de Shalom , Roma, Itália

[1] União Internacional dos Superiores Gerais

Print Friendly, PDF & Email