|Reflexão Internacional sobre Solidariedade: Fevereiro de 2019

Reflexão Internacional sobre Solidariedade: Fevereiro de 2019

Reflexão internacional sobre Solidariedade

Sustentabilidade

Fevereiro de 2019

Pdf para imprimir  ( 292 KB)

Introdução

Sustentabilidade: Em 1987, a  Comissão Brundtlan das NU[1]  definiu desenvolvimento sustentável como “ satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades.”

[1] UN – United Nations ( Nações Unidas)

A Sustentabilidade tem três dimensões: ambiental, econômica, e social. Nos tornamos sustentáveis através da  interação balanceada destas três dimensões. Isso, por sua vez, promove nosso bem-estar sem danificar adversamente o ambiente do qual dependemos.  Uma profunda reflexão sobre sustentabilidade, embora não seja frequentemente reconhecida, mostra uma dimensão espiritual. A dimensão espiritual fornece a inspiração e o foco que une as três dimensões da sustentabilidade.

Na Laudato Si’, o Papa Francisco reformula sustentabilidade como ecologia integral. Dada a interconectividade de toda a criação, a resposta para a sustentabilidade requer uma aproximação integrada que não inclui somente desenvolvimento e uso de recursos, mas também o impacto que isso tem sobre todas as formas de vida que fazem parte de nossa “casa comum”.

O Papa Francisco enfatiza que “ecologia integral inclui tempo para recuperar uma serena harmonia com a criação, refletindo sobre nosso estilo de vida e nossos ideais e contemplando o Criador que vive entre nós, cuja presença, ‘ não deve ser inventada, mas encontrada, descoberta.’” ~ Laudato Si’, 225

Convite à Oração

“Então Jacó acordou de seu sono e disse: ‘Certamente o Senhor está neste lugar e eu não sabia disso.’ E ele estava com medo e disse, ‘Quão incrível é esse lugar! Não há outro que não a casa de Deus e este é o portão do céu”. Gênesis 28:16 -17

Experiência

O Projeto Comunidade Azul (https://canadians.org/) encoraja municípios e comunidades indígenas a apoiar a ideia de uma estrutura de água comum, reconhecendo que a água é um recurso partilhado por todos, passando por resoluções que:

  • Reconhecem a água e as necessidades sanitárias como direitos humanos.
  • Banem ou eliminam progressivamente o uso de água engarrafada em instalações municipais e eventos municipais.
  • Promovem serviços públicos de água e esgoto que sejam financiados e operados com recursos publicos.

O Conselho Canadense, o Projeto Planeta Azul, e a União Canadense de Funcionários Públicos (CUPE[1]) iniciaram o projeto Comunidades Azuis em 2009. Eau Secours é uma parceira do Projeto Comunidades Azuis na Província de Quebec, no Canadá. O movimento Comunidades Azuis cresceu internacionalmente com Paris, na França, Berna, na Suíça e outras cidades do mundo que estão se tornando “azuis.” Escolas, comunidades religiosas e grupos embasados na fé, também tem adotado princípios que tratam a água como um bem comum, que é partilhado por todos e cujo cuidado é responsabilidade de todos.

[1] CUPE – Canadian Union of Public Employees.

Reflexão

Uma Espiritualidade de Sustentabilidade

Thomas Berry escreveu: “Nós estamos falando somente para nós mesmos. Não estamos conversando com os rios, não estamos ouvindo o vento e as estrelas. Nós quebramos essa conversação. Tendo quebrado essa conversação, nos estraçalhamos o universo. Todos os desastres que estão acontecendo agora, são consequências de nosso ‘autismo’ espiritual.”  (Sendoamigos da Terra, 1991)

O Papa Bento lembra-nos que “nosso planeta fala e nós precisamos ouvir se quisermos sobreviver.” (Discurso, julho de 2007)

Quando perguntamos o que devemos fazer para salvar o planeta, Thich Nhat Hanh[1] respondeu: “o que mais nós precisamos fazer é ouvir o som da terra chorando dentro de nós. Vamos ouvir com nossos ouvidos a terra e suas criaturas lamentando e permitir que ela desperte nossa resposta compassiva.”

[1] Thch Nhat Hạnh é um monge budista vietnamita e ativista da paz, fundador da Tradição Plum Village

“Uma vez que nós compreendemos o espetacular fato de que a existência material é permeada pelo divino, mesmo a mais monótona atividade torna-se um caminho para encontrar Deus. Dizer que a vida divina permeia a matéria é, portanto, não somente um comentário sobre o cosmos. É um comentário sobre tudo o que acontece ou tudo o que nos encontra em nossa vida diária.” ~ David Richo, Tudo em Chamas, p.16.

“Para ver o Mundo num Grão de Areia
e o Céu numa Flor Silvestre
Tenha o infinito na alma de sua mão
e a eternidade numa hora.” ~William Blake, “Augúrios da Inocência”.

“Ainda que através dos olhos vazios da morte, eu vejo a vida espreitando.” ~ Shakespeare, Richard II, Cena1.

Ação

  • Tornem-se uma Comunidade Azul
  • Façam um passeio pela natureza em silêncio, sozinhas ou em comunidade, e permitam que Deus surpreenda vocês.
  • Estudem Laudato Si’.
  • Livrem sua comunidade dos plásticos que poluem o planeta.

Oração Conclusiva

Senhor, você nos deu este mundo maravilhoso, com a capacidade de colher seus produtos para nosso alimento. No entanto, em nossa ganância, temos roubado as futuras gerações, envenenando Seu mundo e destruindo muitas de Suas criaturas. Ajude-nos a perceber que estamos interferimos em Seu mundo, pondo nossa vida em risco. É a Sua mão, não a nossa, que governa o mundo, e nós estamos aqui, durante nossas curtas vidas, como cuidadoras temporárias. ”~ Ecologia Verde.

Preparado por Ir. Rose Mary Sander IENS, Província de Atlantic Midwest, Canadá, para o Escritório Internacional de Shalom, Roma, Itália.

O gráfico da frente e da Declaração Direcional, 24th Capítulo Geral. Desenho: Escritório de Comunicação Congregacional.

Print Friendly, PDF & Email
2019-02-01T22:08:43+00:00

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.